A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 7 de julho de 2024, em todos os bairros de Marituba, com uma amostra de 400 entrevistas.

Denúncia aponta transferências de dinheiro de fornecedores da prefeitura para contas pessoais de agentes públicos.

O acordo uniu escancaradamente as famílias Maiorana e Barbalho, anteriormente rivais com frequentes confrontos através de seus veículos de comunicação, os maiores do estado.

Foram entrevistados 400 eleitores no período de 04 a 07 de julho de 2024, nas zonas urbanas e rurais de Santarém. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitora

Mesmo com uma votação pequena na cidade em relação aos demais municípios do estado (1,2% em 2014; 0,3% em 2018 e 0,4% em 2022) - o político direcionou ao menos R$ 5 milhões em verbas federais ao município desde 2016.

Entre as principais reivindicações, estão a abertura do Pronto-Socorro de Ananindeua e o fim da "perseguição" ao prefeito da cidade Dr. Daniel pelo governador Helder Barbalho.

O local se tornou uma verdadeiro "campo de batalha" após o antigo proprietário do hospital, o ex-deputado Luiz Sefer mover um processo contra a prefeitura para o fechamento da unidade de saúde.

Após a inauguração do primeiro pronto-socorro de Ananindeua, o prefeito Dr. Daniel (PSB) acusou membros do governo estadual e Luiz Sefer de tentarem fechar o prédio.