O panorama mostra os deputados estaduais Chamonzinho (MDB) e Toni Cunha (PL) na frente da disputa, com emedebista com maior porcentagem, mas em empate técnico com o colega de Alepa.

O principal motivo da visita do ex-presidente a Marabá foi o lançamento da pré-candidatura do deputado estadual Toni Cunha à prefeitura da cidade.

Segundo as investigações, a dupla de mulheres é suspeita de integrar um grupo criminoso que movimentou cerca de meio milhão de reais de diversas vítimas por meio de golpes na internet.

A máfia do minério no Pará envolve empresários que fraudam documentos e contam com a participação de agentes públicos, políticos e empresas laranjas.