O fugitivo foi encontrado pela Polícia Militar em um casebre abandonado, ainda em Santa Izabel.

O homem gritava: “Eu te amo, não faz isso”. Em outro momento, ele disse à polícia: “Não se mete. Sai! Eu amo ela. É briga de casal"

O homem foi levado para o Pronto Socorro da 14 de Março, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Mais um crime ceifou a vida de um pai de família vítima da caça decretada por facções criminosas contra os agentes da segurança pública do Pará. Um homem até aqui não identificado foi baleado por dois homens que o abordaram perguntando se ele era Policial Militar e antes de responder, a vítima foi assassinada com tiros à queima roupa.