Testemunhas relataram que Almir era homossexual e vivia com outro homem, que não estava presente quando o corpo foi encontrado

O policial militar conversa com amigos em frente a um açougue no momento em que foi alvejado por um criminoso.

A investigação, conduzida pela Superintendência Regional do Alto Xingu e a Delegacia de Xinguara, durou dois meses e se baseou em imagens e depoimentos.

Além da sogra, o suspeito ainda teria baleado a esposa no mesmo local.

O corpo estava em uma área de mata próxima à via, que dá acesso a residências e balneários da localidade. O homem estava com as mãos e os pés amarrados.

Testemunhas informaram que "DJ Neguinho" trabalhava em uma empresa privada, mas atuava em bares e casas de eventos nos finais de semana.

Severino Júnior Silva Nascimento, funcionário da concessionária Equatorial, foi assassinado em maio de 2023, quando saia de sua residência para trabalhar.

Segundo relatos de testemunhas, a vítima, identificada como Waltemir, estava em um estabelecimento lanchando com alguns amigos quando outro homem chegou ao local já brigando com a vítima.